Marcelo Nova

Início > Marcelo No... > acordes

O Fantasma De Luis Buñuel Teclado

Marcelo Nova

Dificultad:FácilFácil

VsWorld

tuner correct add songbook print version text version salvar en e-mail
acordesukuleletablaturabajobateríaarmónicaflautacavacopiano Guitar Pro
acordes

O Fantasma De Luis Buñuel

	  E F# Bm (2x) Base do Riff 

Riff: 



  D 
 Quem lhe ensinou a sorrir desse jeito 
         G                             D 
 Quando tudo que eu quero é ficar sossegado 
          D 
 Se as evidências não tivessem caído maduras 
    G                                   D 
 É muito provável que você as tivesse negado. 

     D 
 Pensei já ter visto tudo isso em outro lugar 
      G                                             D 
 Sua boca pintada, sua língua espada anjo exterminador 
          G                                         D 
 Quem de sã consciência viria parar aqui no fim do mundo 
         A                   G                                D 
 Onde o rei está morto e o carrasco no trono é quem toca o tambor. 

      F#                                     G 
 A semente da dúvida plantada no seu inconsciente 
 F#                                   G 
 Sim seu medo latente não me deixa pensar 
        A               G                D 
 E o fantasma de Luis Buñuel está pra chegar 

Riff (2x) 
       D 
 Aqui dentro o silêncio é bem mais forte que o frio 
           G                                    D 
 Dá pra sentir o ritmo do seu pequeno acesso de asma 
           D 
 Dá pra ouvir o guarda noturno correndo e apitando 
      G                                D 
 Apavorado como se tivesse visto um fantasma 

       G                                       D 
 A lua solta no espaço exibe seu brilho a sua dor 
            G                              D 
 As flores mortas de sede estão secando no vaso 
         G                                            D 
 Seu destino pensado não correu pro lado que você queria 
           A              G                     D 
 É que a necessidade não tem a mesma pureza do acaso 

        F#                                             G 
 Com os olhos fechados pois acostumados a ver na escuridão 
   F#                                                  G 
 A noite se move e se move então chove a noite vai desabar 
           A               G               D 
 Com o fantasma de Luis Buñuel a nos observar 

Riff (1x) 

(Solo) (Base do Riff) (12x) 

       D 
 São noventa pessoas vestidas e prontas para o jantar 
        G                                  D 
 Umas vieram em sonho outras chegaram de trem 
       D 
 Elas trocam apertos de mão e presentes tão caros 
      G                             D 
 Cada uma querendo o que a outra já tem 

          G                                            D 
 "Ah, mas esses criados não ficam calados, tão impertinentes!" 
          G                                              D 
 Disse a jovem senhora voltando as horas num relógio quebrado 
          G                                              D 
 E se o futuro me aguarda e ele não tarda nem chega atrasado 
             A                     G                 D 
 Que horas serão quando o tempo mudar para tempo passado 

   F#                                       G 
 Adeus disse o tempo e sorriu fechando a janela 
    F#                                         G 
 E aquela senhora outrora tão jovem já parece morta 
        A               G                    D 
 É o fantasma de Luis Buñuel que abre outra porta 

Riff (4x) (Solo do baixo) 

Solo 2 (Base do Riff) (4x) 

      D 
 Valquíria a noiva virgem que chegou das Bermudas 
      G                                    D 
 Colocou a vaidade na mesa e a verdade no chão 
      D 
 Seus olhos fontes azuis de tanta pureza 
     G                                   D 
 Conserva sua virgindade como uma perversão 

    G                                            D 
 Falou de um vagão de terceira cheio de gente do povo 
      G                                    D 
 Que mais parecia um antigo e enorme acordeon 
    G                                    D 
 Abrindo e fechando solando uma dança demente 
         A                       G                 D 
 Tão em cima dos trilhos e no entanto tão fora do tom 

         F#                                      G 
 E se não há verdades então talvez tudo seja ilusão 
 F#                                     G 
 Só uma gargalhada que ecoa do lado de fora 
        A                G                D 
 E o fantasma de Luis Buñuel decide ir embora 

Riff (4x) 
	  

No existe una video leccione para esta canción

request
Aumentar uno tonoAumentar uno tono
Aumentar uno semi-tonoAumentar uno semi-tono
Disminuir uno semi-tonoDisminuir uno semi-tono
Disminuir uno tonoDisminuir uno semi-tono
LosAcordes
Buscar
auto avanzar rasgueos aumentar disminuir cambiar color
losacordes exhibir acordes losacordes youTube video losacordes ocultar tabs losacordes ir hacia arriba losacordes