Padre Fábio de Melo

Início > Padre Fábi... > acordes

O Tempo Não Espera Ninguém Acordes

Padre Fábio de Melo

Dificultad:PrincipiantePrincipiante

Caioo222

tuner correct add songbook print version text version salvar en e-mail
acordesukuleletablaturabajobateríaarmónicaflautacavacopiano Guitar Pro
acordes

O Tempo Não Espera Ninguém

(Fabio Jose de Melo Silva)

	  

D                 Am                       C                               D  
Quebra o silêncio no mudo perdão da minha voz  
D                 Am                       C                               D  
Dissolve a mágoa, expulsa os resquícios da dor  
D                 Am                       C                               D  
Abre as janelas, expõe toda sombra ao sol  
D                 Am                       C                               D  
Se essa tormenta que o erro de ontem deixou  
D                     C                                 G                  D  
Destranca o amor, a esperança, a saudade, o sorriso  
D                     C                                 G                  D  
Rompe as cadeias dos ódios passados sentidos  
D                     C                                 G                  D  
Despensa as culpas, resguarda o amor que valeu  
D                     C                                 G                  D  
Que a vida é tão breve e o tempo não espera ninguém  
D                          G                       D  
Que o tempo não espera ninguém  
D                           C                       D  
Que o tempo não espera ninguém  
D                 Am                       C                               D  
No rio das graças mergulho a maldade que há  
D                 Am                       C                               D  
Hasteia a bandeira, demarca o que é seu sob o céu  
D                 Am                       C                               D  
Recruta os sonhos que sonhos nos fazem viver  
D                 Am                       C                               D  
Cumpre a promessa de não desistir sem tentar  
D                     C                                 G                  D  
Rompe as barreiras elas dedicadas a vida  
D                     C                                 G                  D  
Quarar as mazelas e o peso do dia deixou  
D                     C                                 G                  D  
Olhar altivo mas no coração ser menino  
D                     C                                 G                  D  
Que a vida é tão breve e o tempo não espera ninguém  
D                          G                       D  
Que o tempo não espera ninguém  
D                          C                       D  
Que o tempo não espera ninguém  
D                 Am                       C                               D  
Linda e doída, menina por vezes mulher  
D                 Am                       C                               D  
Mãe ou carrasca, depende do humor que vier  
D                 Am                       C                               D  
Sábia e bondosa, açoita e aconchega depois  
D                 Am                       C                               D  
Drama as tristezas, mas tece alegrias também  
D                     C                                 G                  D  
Vida que chama, e que canta, e que chora, e que grita  
D                     C                                 G                  D  
Que serve a mesa, e oferece o banquete aos famintos  
D                     C                                 G                  D  
Que planta as mortas, que geram memórias bonitas  
D                     C                                 G                  D  
Que dita essa regra que o tempo não espera ninguém  
D                          G                       D  
Que o tempo não espera ninguém  
D                          C                       D  
Que o tempo não espera ninguém  
G                      D  
Espera ninguém  
D                        C                           D  
Que o tempo não espera ninguém  
D                          G                          D  
Que o tempo não espera ninguém  
D                     C                  D  
Que o tempo não espera  
D                          G                          D  
Que o tempo não espera ninguém  
D                          C                          D  
Que o tempo não espera ninguém 
	  

No existe una video leccione para esta canción

request
Aumentar uno tonoAumentar uno tono
Aumentar uno semi-tonoAumentar uno semi-tono
Disminuir uno semi-tonoDisminuir uno semi-tono
Disminuir uno tonoDisminuir uno semi-tono
LosAcordes
Buscar
auto avanzar rasgueos aumentar disminuir cambiar color esconder acordes simplificar gráficos columnas
losacordes exhibir acordes losacordes youTube video losacordes ocultar tabs losacordes ir hacia arriba losacordes