Carlos do Carmo

Início > Carlos do ... > acordes

No teu poema Acordes

Carlos do Carmo

Dificultad:PrincipiantePrincipiante

Bottelho

tuner correct add songbook print version text version salvar en e-mail
acordesukuleletablaturabajobateríaarmónicaflautacavacopiano Guitar Pro
acordes

No teu poema

	   
 
  
  
D#m 
  
         G#m 
No teu poema 
 
 C#4               B              A#m7  
 
existe um verso em branco e sem medida, 
 
   D#7/4        D#7          G#m7 
 
um corpo que respira, um céu aberto, 
 
  C#7/4     C#7         F#7M    A#7  D#m7 
 
janela debruçada para a vida. 
 
  
 
         G#m 
No teu poema 
 
 C#4           B          A#m7  
 
existe a dor calada lá no fundo, 
 
  D#7/4      D#7             G#m7 
 
o passo da coragem em casa escura 
 
    C#7/4        C#7/9-       F#7M   F#7 
 
e, aberta, uma varanda para o mundo. 
 
  
         Bm7 
 
Existe a noite, 
 
  E4             E              A7M 
 
o riso e a voz refeita à luz do dia, 
 
  D7M                    G#m7 
 
a festa da Senhora da Agonia e o cansaço 
 
   C#7/9-        C#7          F#m7 
 
do corpo que adormece em cama fria. 
  
 
          Bm7 
 
Existe um rio, 
 
  E4            E             A7M 
 
a sina de quem nasce fraco ou forte, 
 
  D7M                             G#m7 
 
o risco, a raiva e a luta de quem cai ou que resiste, 
 
    C#7/4       C#7            F#7M   A#7/4 A#7 D#m7 
 
que vence ou adormece antes da morte. 
 
  
 
         G#m 
No teu poema 
 
 C#4               B        A#m7  
 
existe o grito e o eco da metralha, 
 
  D#7/4          D#7           G#m7 
 
a dor que sei de cor mas não recito 
 
     C#7/4     C#7/9-        F#7M   A#7/4 A#7 D#m7 
 
e os sonos inquietos de quem falha. 
 
  
 
         G#m 
No teu poema 
 
 C#4           B          A#m7  
 
existe um cantochão alentejano, 
 
  D#7/4      D#7          G#m7 
 
a rua e o pregão de uma varina 
 
     C#7/4     C#7/9-         F#7M   F#7 
 
e um barco assoprado a todo o pano. 
 
   
 
          Bm7 
 
Existe um rio 
 
  E4             E             A7M 
 
o canto em vozes juntas, vozes certas 
 
   D7M                            G#m7 
 
canção de uma só letra e um só destino a embarcar 
 
   C#7/9-       C#7          F#m7 
 
no cais da nova nau das descobertas 
 
  
 
  
 
          Bm7 
 
Existe um rio 
 
  E4            E             A7M 
 
a sina de quem nasce fraco ou forte, 
 
  D7M                             G#m7 
 
o risco, a raiva e a luta de quem cai ou que resiste, 
 
    C#7/4       C#7            F#7M   A#7/4 A#7 D#m7 
 
que vence ou adormece antes da morte. 
 
  
 
         G#m 
No teu poema 
 
 C#4                B             A#m7  
 
existe a esperança acesa atrás do muro, 
 
 D#7/4        D#7              G#m7 
 
existe tudo o mais que ainda escapa 
 
     C#7/4               C#7        B   A#m7 G#m7 F# 
 
e um verso em branco à espera de futuro. 
 
  
 
******* a Carlos do Carmo o melhor fadista Portugues 
 
[email protected] 

	  

No existe una video leccione para esta canción

request
Aumentar uno tonoAumentar uno tono
Aumentar uno semi-tonoAumentar uno semi-tono
Disminuir uno semi-tonoDisminuir uno semi-tono
Disminuir uno tonoDisminuir uno semi-tono
LosAcordes
Buscar
auto avanzar rasgueos aumentar disminuir cambiar color esconder acordes simplificar gráficos columnas
losacordes exhibir acordes losacordes youTube video losacordes ocultar tabs losacordes ir hacia arriba losacordes